Tendo em vista o desenvolvimento de estruturas e edificações elaboradas pela construção civil, foi desenvolvida uma extensa gama de materiais, assim como aos seus devidos métodos de aplicação.

Como um exemplo, para a aplicação de revestimentos de pisos, as técnicas variam de acordo com os modelos empregados, influenciando diretamente nas propriedades estéticas e técnicas da superfície.

Em modo geral, a realização de um revestimento refere-se à aplicação de elementos especiais dos quais amplificam ou complementam as propriedades da superfície previamente consolidada. Em outras palavras é possível efetuar a aplicação de revestimentos de pisos dos quais foram submetidos à pintura ou a um acabamento diferenciado.

Quais são as principais formas de aplicação de revestimentos de pisos?

Dentre os modelos de revestimentos disponíveis, podemos citar, pelo menos, dois:

Granilite

Basicamente, consiste em uma camada composta por argamassa complementada por variados fragmentos de minerais como granito, calcário, mármore e ou quartzo. Os grânulos podem ser misturados do mesmo modo em que podemos utilizar somente um tipo de rocha.

Podendo ser elaborada com uma superfície uniforme ou rica em relevos, a mesma proporciona elevada resistência e durabilidade ao piso, amplificando também a sofisticação.

Epóxi

Realizada com uma resina com o mesmo nome, conforme esse material é aplicado, o mesmo adere à superfície preenchendo as irregularidades presentes, formando um plano devidamente nivelado.

Além de possuir diversas variações cromáticas, o revestimento epóxi apresenta um aspecto visual reluzente. Ademais, promove a resistência mecânica e química.

O texto acima "Aplicação de Revestimentos de Pisos" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.