O advento de tecnologias inovadoras ocasionou o aprimoramento de diversos recursos e metodologias proporcionando as condições apropriadas para impulsionar a efetividade dos procedimentos desempenhados pela construção civil.

Muitas das melhores concedidas permitiram a recuperação e a prevenção de deslizamentos de terra, um fato que possibilitou o desenvolvimento e o manuseio de áreas em aclive ou declive.

A essencialidade em solicitar a execução de obras de deslizamento de terra

Os taludes, independentemente se são originados por via de ações naturais ou por intermédio de atividades como o aterramento e escavação, são passíveis de apresentarem o eventual rompimento ou deslizamento de rochas e material.

Sendo assim, a execução de obras de deslizamento de terra se trata aos processos realizados com o intuito de evitar o escorregamento de uma porção do terreno, estabilizando-o, erradicando contratempos como o comprometimento do projeto.

Nos dias atuais, o solo grampeado corresponde a uma das técnicas mais utilizadas devido ao fato de promover melhorias ao solo e a contenção do talude. Isso sem mencionar que todas as práticas que o compõem não geram impactos ecológicos.

Basicamente, o solo grampeado se sucede com a introdução de chumbadores no maciço, dos quais recebem um revestimento de concreto projetado. Concomitantemente, é realizado a drenagem profunda por meio do DHP (Dreno Sub-Horizontal Profundo) e a drenagem de superfície com a utilização de drenos de paramento e canaletas, assegurando a estabilidade.

Dessa forma, o ato de requisitar a execução de obras de deslizamento de terra representa à solução para conter os terrenos íngremes, garantindo que o projeto seja efetuado de forma segura e eficaz.

O texto acima "Execução de Obras de Deslizamento de Terra" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.