Execução de Obras de Escorregamento de Encostas

À medida que novas tecnologias foram desenvolvidas, processos e recursos foram aperfeiçoados de modo que proporcionou as condições ideais para que as principais atividades desempenhadas pela construção civil obtivessem uma capacidade de rendimento superior.

Consequentemente, tornou-se possível a realização de obras complexas e que demandam um notável potencial técnico, podendo inclusive, executar o manuseio e a recuperação de terrenos íngremes.

À vista disso, a execução de obras de escorregamento de encostas disponibilizada por empresas especializadas em operações geotécnicas se tornou indispensável.

Os benefícios concedidos com a execução de obras de escorregamento de encostas

Um terreno íngreme – seja esse oriundo de ações geológicas ou resultante de atividades de aterramento ou escavação – é passível de exibir o desprendimento de rochas ou de uma porção de material quanto o mesmo é submetido a determinadas situações tais como chuvas fortes, por exemplo.

Por conta desses fatores, os serviços de execução de obras de escorregamento de encostas se baseiam em proporcionar as metodologias apropriadas tanto para que a possibilidade de adversidades seja erradicada, quanto para recuperar e estabilizar um terreno que já tenha apresentado deslizamentos.

Nos dias atuais, o solo grampeado corresponde a uma das técnicas mais empregadas devido ao fato de conceder a contenção do terreno a partir da introdução de chumbadores por todo o maciço e da aplicação de um revestimento de concreto projetado.

Ademais, simultaneamente a essas práticas, decorre tanto a drenagem profunda com o DHP (Dreno Sub-Horizontal Profundo) quanto a drenagem de superfície com a utilização dos drenos de paramento e as canaletas.

Em suma, o ato de requisitar e desfrutar da assistência de execução de obras de escorregamento de encostas, representa a resposta para promover a efetividade e a segurança.

O texto acima "Execução de Obras de Escorregamento de Encostas" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.