Execução de Obras de Tirantes para Concessionárias

À proporção que sucedeu-se a intensificação da urgência em ser concretizadas obras complexas e providas de excelente infraestrutura, foram desenvolvidos métodos e tecnologias altamente eficazes, impulsionado a capacidade produtiva da construção civil.

A ancoragem de tirantes, além de ser uma das técnicas provindas desse processo, se tornaram comumente solicitadas devido ao fato de concederem as propriedades favoráveis para a realização de obras em terrenos íngremes.

Conheça a essencialidade da execução de obras de tirantes para concessionárias

Um tirante consiste em um aparato composto por elementos resistentes a tração como as cordoalhas, barras de aço, monobarra, fios, entre outros. Logo, pode ser elaborado de acordo com as especificações do projeto.

Em modo geral, os tirantes são introduzidos de modo vertical ou sub-horizontal, nas cavidades formadas pelas atividades de perfuração. Quanto ao seu alicerçamento, o mesmo é efetuado com a injeção de calda de cimento no interior de cada concavidade, compondo o bulbo de ancoragem.

Sendo que o bulbo de ancoragem se mantém conectado à parede estrutural, a distribuição de tirantes sobre um talude natural ou artificial, permite a construção de uma parede de contenção.

Em outras palavras, a execução de obras de tirantes para concessionárias proporciona a estabilidade a um terreno em aclive ou em declive, permitindo a construção segura de uma instalação aos seus arredores.

Ademais, todos os procedimentos que compõem esse serviço não ocasionam impactos ecológicos.

Sendo assim, a execução de obras de tirantes para concessionárias, representa a resposta não somente para garantir a segurança das operações exercidas em áreas próximas de taludes, mas também, promover a efetividade de sua edificação.

O texto acima "Execução de Obras de Tirantes para Concessionárias" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.