Em grande parte das construções, as áreas externas e expostas às condições climáticas necessitam de um piso que possua as características adequadas para que esteja em harmonia com o visual da residência ou do edifício, proporcionando a qualidade.

De origem francesa, o piso fulget se trata de um método trazido por imigrantes italianos há mais de cinquenta anos, cujo o qual se enquadra como o revestimento apropriado para conceder um aspecto visual satisfatório, sem abandonar a segurança.

Afinal, o que é o piso fulget?

Basicamente, o piso fulget ou fulgê, consiste na combinação de uma base cimentícia a determinados materiais aditivos e minerais granulados, onde esses grânulos se mantêm expostos formando uma superfície rugosa e rústica, devido a uma lavagem realizada após a secagem.

Dessa forma, uma vez que é formada a base de cimento enriquecido com cal e ou óxido de ferro, se sucede a aplicação de materiais britados como mármore, granito, quartzo e arenito, se encontrando em em tamanhos distintos ou uniformes. Em seguida, essa superfície é submetida a um jateamento de água, eliminando o excesso de cimento.

Além de poder apresentar uma infinidade de cores, o grande diferencial dessa técnica está no fato de possuir excelentes propriedades antiderrapantes, possibilitando que indivíduos transitem sem riscos mesmo quando esse piso se encontra molhado.

Assim como toda obra, para que a formação de um piso do tipo fulget ocorra de modo correto, a contratação de profissionais disponibilizada por uma empresa especializada é fundamental.

O texto acima "Piso Fulget" é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre direitos autorais.